Assine

Ney Matogrosso

Ney Matogrosso

Ney de Sousa Pereira nasceu em Bela Vista no dia 1º de agosto de 1941 e ficou conhecido em sua carreira artística como Ney Matogrosso, destacando-se como cantor, coreógrafo, iluminador, bailarino, dramaturgo e ator.

Um dos intérpretes brasileiros mais produtivos e performáticos, começou desde cedo a demonstrar seus dotes artísticos: cantava, pintava e interpretava. Aos dezessete anos ingressou para a Aeronáutica e trabalhou em um laboratório de anatomia patológica.

Não era sua vocação, contudo. Os primeiros passos como artista vieram com a participação em um festival universitário, formando um quarteto vocal. Mas foi no teatro que, inicialmente, concentrou suas atenções e, para realizar este sonho, passou a viver da confecção e venda de peças de artesanato em couro e adotou a filosofia de vida hippie nos anos 70.

Foi descoberto pelo produtor musical João Ricardo, que procurava uma voz aguda para o grupo Secos & Molhados, com o qual gravou dois discos.

Em 1975, lançou o primeiro disco solo, Água do Céu – Pássaro. No ano seguinte veio o reconhecimento com o disco Bandido – o espetáculo é considerado o mais ousado de sua carreira. Sua discografia extensa conta com mais de trinta títulos.

É considerado um dos principais percussores da androginia enquanto estética de arte, desenvolvida inicialmente com a Tropicália. Apresentando coreografias erotizantes e expondo sua masculinidade como um contraponto à ousadia nos tempos de chumbo, Ney acaba por influenciar toda uma geração de artistas. Transgressor e irreverente, foi ameaçado várias vezes pelo regime militar.

No cinema, atuou em Sonho de Valsa e no curta Caramujo Flor. Em 2008, protagonizou o especial dedicado a Cazuza, interpretando suas músicas; regravou a música Lig Lig Lig Lé para a abertura da novela Negócio da China, de Miguel Falabella, e participou como um dançarino no primeiro capítulo. Ainda no mesmo ano, participou do curta-metragem Depois de Tudo, do diretor Rafael Saar.

Em2009, Ney protagonizou o filme Luz Nas Trevas, de Helena Ignez, roteiro de Rogério Sganzerla, continuação do filme O Bandido da Luz Vermelha, de 1968. Lançou também o elogiado CD Beijo Bandido e, em 2011, lançou um registro ao vivo da turnê homônima, com CD ao vivo e DVD.

 

01/08/1941 (72 anos)

Signo de Leão

Notícias sobre Ney Matogrosso

Fotos de Ney Matogrosso

Mais Fotos

Mais Notícias de Ney Matogrosso

    28.10.2012
  • nacionais O DIA EM RESUMO: Regina Dourado morre aos 59 anos

    O DIA EM RESUMO: Regina Dourado morre aos 59 anos

    Por CARAS Online

    Confira as principais notícias do dia!