Assine

Kátia D'Angelo

Kátia D'Angelo

A atriz Kátia Rebibout D'Angelo nasceu no Rio de Janeiro, em 12 de dezembro de 1951. Antes de ser atriz trabalhava como instrumentadora cirúrgica quando começou a frequentar bares onde se falava muito em cinema e artes em geral. Estreou como atriz no teatro infantil, fazendo a peça Faça Alguma Coisa pelo Coelho, em 1973, convidada pelo diretor Pedro Porfírio. Em 1974 estreou na TV, na novela Supermanuela, da Globo. Na mesma rede atuou em novelas clássicas, como Escalada, Anjo Mau, Nina, Pecado Rasgado, As Três Marias e O Amor É Nosso. No cinema estreou em Deliciosas Traições de Amor. Em 1979 fez seu filme de maior sucesso, O Caso Cláudia, baseado no famoso caso do homicídio de Cláudia Lessin Rodrigues, irmã da atriz Márcia Rodrigues, ocorrido no Rio de Janeiro em 1977. Recebeu o Kikito de melhor atriz no Festival de Gramado, pela sua atuação no filme Barra Pesada, de Reginaldo Faria. Kátia D'Ângelo posou nua para a edição brasileira da revista Playboy, na sua edição de quarto aniversário, em agosto de 1979 (edição n° 49). Dirigiu uma das peças infantis de maior sucesso da década de 1990, Procura-se um Amigo, ficando em cartaz por vários anos no Rio de Janeiro. Revelou nomes como as atrizes Natália Lage e Taís Araújo. No SBT fez Uma Esperança no Ar e na Manchete integrou o elenco de Pantanal. Na Globo participou ainda de um episódio de Carga Pesada. Foi eleita a melhor atriz do Festival de Brasília, de 1987, por sua atuação em Fulaninha. Afastou da carreira artística e quando voltou fez em 1996 O Lado Certo da Vida Errada. Em agosto de 2002 foi homenageada no Festival de Gramado e aproveitou fazer um protesto contra a violência. A atriz perdeu o filho, assassinado, em março de 1997. Em 2010 atuou na novela Ti-Ti-Ti, remake exibido pela Globo.

 

12/12/1951 (62 anos)

Signo de Sagitário

Notícias sobre Kátia D'Angelo

Fotos de Kátia D'Angelo