Assine

Jarbas Homem de Mello

Jarbas Homem de Mello

O ator Jarbas Homem de Mello, que também é bailarino, coreógrafo e diretor, nasceu em Lomba Grande, interior do Rio Grande do Sul, em 4 de agosto de 1970. Jarbas começou a carreira artística em Novo Hamburgo, na companhia de pesquisa de teatro de revista Traste Show, sob direção de Kinho Nazário e Elário Kasper, além de fazer parte da banda de rock Espelho do Mundo e fazer aulas de dança com a professora Estela Menezes. Em 1991, ele estreou no teatro profissional com a peça Sonhos e Saudades, de Alex Riegel, com direção de Elário Kasper.

Em 1994, Jarbas decidiu morar em São Paulo e foi convidado para participar do espetáculo musical infantil Um Passeio no Cometa, ao lado de Milla Kristie, com texto de Elly Barbosa e direção de Otávio Barbosa. Mas o começo na capital paulista não foi fácil, ele teve que trabalhar como garçom para custear os cursos que fazia na área teatral. Em 1996, ele entrou na Cia. de Teatro RM Brasil, dirigida por Maximiliana Reis, onde atuou no espetáculo Draculinha até 1998. Nesse mesmo ano, fez o espetáculo A Canção dos Direitos da Criança, musical de Toquinho, e representou o Brasil em Havana, Cuba, no 3º Congresso Nacional de Literatura com a peça Retraços de Mulher, de Sandra Falcone e direção de Gerson Steves. Ainda em 1998, ingressou na companhia Danças, de Cláudia de Souza, onde participou do festival de artes do Soho, em Nova York, com o espetáculo Jogo de Dentro, que misturava de técnicas de dança moderna e capoeira.

Em 1999, foi o protagonista do musical Rent, de Jonathan Larson, com direção de Tânia Nardine. Na sequência, faz mais dois espetáulos na companhia: Aí Vem o Dilúvio, em 2000, sob direção de Sebastião Apolônio, e Les Miserables, sob direção de Ken Kassuel, em 2001 e 2002. Ainda em 2001, dirigiu a comédia Moscas Mortas num Copo de Conhaque. Em 2003, atuou em A Mandrágora, sob direção de Roberto Lage, no projeto Três Vezes Comédia, na Prefeitura da cidade de São Paulo. Ainda em 2003 fez parte do elenco de Grease, o Musical, com direção de Cristina Trevisan. Em 2004, além de ter participado do espetáculo Constelation, de Cláudio Magnavita, dirigiu a comédia PS. Seu Gato Morreu. No ano seguinte, em 2005, dirigiu o musical Comunità, de Cláudio Magnvita, e atuou em Veneza, de Miguel Falabella, ao lado das atrizes Laura Cardoso, Arlete Salles, Juliana Baroni e Débora Olivieri.

Em 2006, Jarbas mudou novamente de companhia, desta vez entrou para a companhia de musicais Only Broadway, com direção artística de Fernanda Chama, que se apresenta nos principais eventos sociais de São Paulo e capitais brasileiras. E estreou o espetáculo Querido Mundo, texto de Miguel Falabella e Maria Carmem Barbosa, com direção de Rubens Ewald Filho. Em 2007, participou de O Fantasma da Ópera. De 1995 até 2007 fez parte da companhia de dança Flamenca Juçara Correa, onde além de dançar, era responsável pela direção cênica do grupo. Durante esse período dirigiu e atuou em diversos espetáculos de teatro e dança flamenca, como: Drácula, À Pele da Alma, Avalon e Sonhos.

Em 2007, pela primeira vez na TV, ele foi contratado pela Rede Bandeirantes, para integrar o elenco da novela Dance Dance Dance. Em 2010, protagonizou o espetáculo Zorro, O Musical, e, no ano seguinte, integrou o elenco da peça Mambo Italiano. De volta às telinhas, mas desta vez como jurado, participou do programa Se Ela Dança, Eu Danço, no SBT. No mesmo ano fez o mestre de cerimônias no  musical Cabaret, ao lado de Cláudia Raia, com quem mantém um relacionamento; os dois já haviam dividido o palco no espetáculo Pernas pro Ar em 2009. O espetáculo continuou em cartaz em 2012. Neste mesmo ano, Jarbas foi convidado para ser o responsável pela coreografia da Comissão de Frente da Escola Vai-Vai em 2013, de São Paulo. No carnaval do ano que vem, a Vai-Vai contará a história do vinho. 

04/08/1970 (44 anos)

Signo de Leão

Notícias sobre Jarbas Homem de Mello

Fotos de Jarbas Homem de Mello

Mais Notícias de Jarbas Homem de Mello